Equilíbrio ecológico para a Terra. Um dever!

Preservar o equilíbrio ecológico à escala global é um dos maiores problemas da sociedade atual. Lembrar que cerca de um terço de todo o lixo recolhido nos oceanos são beatas de cigarros.

Um dos constituintes do cigarro, o filtro, é fabricado a partir de fibra de acetato de celulose, papel ou carvão ativado, tendo como função a de diminuir para cerca de metade a quantidade de alcatrão e nicotina presentes no fumo inspirado. Porém, nunca é demais lembrar que são ineficazes na filtragem de toxinas como o monóxido de carbono, para além de, como resíduo de cigarro fumado, representam “mais um” agente poluidor do meio ambiente.

O seu grau de poluição é de tal modo marcante que, em ações de limpeza de praias ocorridas ao redor do planeta, foram ao longo de 30 anos, recolhidas mais de 60 milhões de toneladas de beatas! A sua letalidade atinge todo o meio ambiente: seres humanos, animais, plantas, solos e águas.

Trata-se de um resíduo altamente tóxico que contém químicos como nicotina, arsénico ou chumbo, e que, em média demora cerca de 20 meses a decompor-se! Acresce que, uma única beata tem um potencial poluidor capaz de afetar 1 litro de água. A sua leveza permite-lhe grande mobilidade, sendo difíceis de filtrar nas ETAR’s, por flutuarem e passarem nas grelhas de filtragem, sendo, por isso, facilmente transportadas pelo vento ou chuva para os circuitos de águas pluviais, rapidamente terminando nos rios, praias e oceanos.

Uma vez nos cursos de água, se por um lado é iniciada a libertação de químicos contaminando toda a cadeia existente: algas, peixes, homem; por outro, são igualmente pelas aves, muitas vezes confundidas com comida, acabando por serem contaminadas. Ou seja, não ameaçam apenas a biodiversidade marinha, preocupantemente, afetam a saúde dos seres humanos, mesmo a dos que não são fumadores.

A vida, é a característica mais diferenciadora do planeta que habitamos. Esta compõe um deliciado e intrincado mecanismo dinâmico: a biosfera. É urgente perceber que o risco de catástrofe global é avultado se a biosfera deixar de poder suprir as necessidades nutricionais e económicas da humanidade. Temos que manter um equilíbrio ecológico para que o planeta consiga viver.

Escrever resposta

O seu email não ficará visível.