Reciclagem de beatas de cigarros, um dever urgente

Todos os anos, beatas de cigarros vão parar a aterros sanitários e incineradoras ou são abandonadas em parques e jardins, praias e calçadas. É necessário fazer a sua reciclagem.

Estima-se que 3,5 mil milhões de beatas de cigarro sejam descartadas todos os anos”, afirmou Albe Zakes à Canadian Press. “É não só uma quantidade enorme de resíduos como estes são incrivelmente tóxicos – apenas uma beata de cigarro num litro de água pode envenenar e matar peixes, segundo estudos realizados pela Universidade de San Diego”.

Porque não devemos lançar as beatas para o chão ou para o lixo normal?

Os filtros de cigarro demoram 1 a 5 anos a degradar-se no ambiente, durante este período libertam contaminantes, por isso é importante fazer a recolha e a reciclagem deste material.

Porque se devem reciclar as beatas dos cigarros?

Quando os materiais não são reciclados são encaminhados para aterros sanitários onde ocupam espaço que podia ser utilizado para outros empreendimentos e produz outros efeitos colaterais, como lixiviação de toxinas para o solo e águas subterrâneas. Estes materiais podem ainda ser incinerados, no entanto este processo provoca emissões de dióxido de carbono que tem um impacto negativo sobre o meio ambiente.

Ao reciclar as beatas de cigarro vão evitar-se os aterros e as incineradoras, e vão produzir-se novos materiais.

Programa de reciclagem de beatas

No Canadá surgiu um programa-piloto para recolher e reciclar beatas de cigarro – Cigarette Waste Brigade – integra um plano da cidade de Vancouver para tornar a cidade mais sustentável.

Este programa envolve a recolha de beatas depositadas pelos cidadãos em 110 recipientes. Os resíduos são depois processados de forma a extrair o acetato de celulose dos filtros, que será utilizado na produção de uma variedade de produtos industriais, por exemplo paletes de transporte, e os restos de tabaco, serão decompostos.

No Brasil existe a Rede Papel Bituca, formada por ONG’s e Empresas Sociais têm como objetivo principal a consciencialização e a preservação ambiental. Este grupo faz a recolha de beatas de cigarros e encaminha-as para reciclagem, onde ocorre a transformação das mesmas em papel. Este é depois utilizado na confecção de artigos ecológicos, promovendo a inclusão social e a criação de salários para pessoas menos favorecidas.

Em Portugal ainda não existe um plano de reciclagem de beatas, no entanto, surgiram vários movimentos da sociedade civil para reduzir o impacto deste resíduo. O nosso cinzeiro portátil é exemplo disso mesmo. Já conhece? Clique aqui para saber mais.

Escrever resposta

O seu email não ficará visível.